Plan International Brasil 11 4420.8090

2022: a celebração dos 25 anos de atuação da Plan no Brasil

Tempo de leitura: 6 minutos

2022 foi um ano intenso, que celebrou os 25 anos da Plan International no Brasil e 85 no mundo. Para comemorar essa data tão especial, a Plan promoveu um jantar beneficente, em São Paulo, no dia 29 de novembro, o Dia de Doar. Em uma noite memorável, o evento apresentado pela jornalista Joyce Ribeiro, embaixadora da Plan desde 2019, contou com uma edição especial do Girl’s Talk com as jovens maranhenses Sanmya e Júlia Rebeca, que participaram de projetos da Plan. 

Ainda para comemorar os 25 anos, a Plan International Brasil lançou o livro O que eu vou lembrar para sempre – 25 anos de encontros que transformam vidas. A obra reúne 25 histórias de meninas, meninos, lideranças comunitárias, colaboradores, doadores e madrinhas. Entre uma história e outra, os personagens relatam suas vidas antes e depois da Plan. São histórias de vida muito diferentes, mas que têm em comum o fato de terem seus caminhos mudados após o encontro com a Plan. 

O ano de 2022 também marcou uma década de comemorações do Dia Internacional da Menina. Por aqui, a Plan realizou 23 ações do movimento Meninas Ocupam nos estados do Maranhão, do Piauí, da Bahia e em São Paulo, e nas redes sociais, com as meninas repercutindo a importância da igualdade de gênero. No total, 62 meninas participaram. Neste ano, devido ao período eleitoral no Brasil, as ocupações ficaram restritas a espaços corporativos. 

Mas a Plan lançou globalmente a pesquisa As Meninas em Espaço de Poder – A importância da representatividade, realizada com cerca de 29 mil meninas em 29 países, inclusive no Brasil. O estudo apontou que apenas 5% das meninas brasileiras pensam em um dia concorrer à Presidência da República e 11% em concorrer a outros cargos representativos. Os números nacionais são mais baixos que a média mundial, infelizmente. 

Ainda na igualdade de gênero, em março a Plan apresentou o Gender Index, que aponta que o progresso no mundo todo tem sido lento nos últimos cinco anos. No ritmo atual, o prazo de 2030 para alcançar a igualdade de gênero não será cumprido. Desenvolvido pela Equal Measures 2030 com apoio da Plan International e outras organizações, como a Fundação Bill & Melinda Gates, o relatório global avalia a evolução dos países em metas e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para a agenda 2030 da ONU. O estudo mostra que o Brasil ocupa a posição 78º no ranking, atrás de Argentina e Paraguai. Na edição anterior do ranking, em 2019, a posição do país era a 77ª. 

Comunicação e captação de recursos 

Ao longo de 2022, a Plan realizou diversas campanhas nas redes sociais. Uma delas, com foco institucional em captação de recursos, foi composta por três vídeos: o primeiro com uma protagonista que é uma madrinha, o segundo com a embaixadora Thainá Duarte como destaque, e outro, chamado FUGA, que retrata a realidade de adolescentes vítimas de estupro no país e com a trilha sonora da banda Mulamba, com a canção “P.U.T.A.”. 

A campanha Fato Certo Não Tem Erro foi outro marco do ano nas redes sociais, com o objetivo de se tornar uma ferramenta útil no combate às fake news. Além dessas duas, a Plan teve ainda campanhas como a do projeto La League sobre casamento infantil, a campanha conjunta com o Instituto de Planejamento Familiar sobre gravidez na adolescência, a campanha Meu Ciclo, Minhas Regras e a campanha do projeto Geração sobre Educação Financeira. 

O ano também foi marcado pela nova temporada da websérie Saúde no Rolê, que faz parte do Programa Adolescente Saudável, uma iniciativa da AstraZeneca Global em parceria com a Plan International Brasil. Com foco na prevenção de DCNT’s (doenças crônicas não transmissíveis) na adolescência, o primeiro episódio aborda Juventude e Saúde Mental e o segundo trata da relação de gênero e saúde. Ambos estão disponíveis no YouTube da Plan. 

Ainda na área de comunicação, a Plan aumentou seu time de embaixadores com a chegada de Marcos Ferreira e Thelminha, aqui no Brasil, e da Karma, primeira embaixadora global de desenho animado. E por falar em quem defende a causa da Plan, as equipes de São Luís, Teresina e Codó receberam a visita de Thainá Duarte, atriz da série Aruanas e embaixadora da Plan desde 2020. Durante uma semana, ela teve a oportunidade de conhecer de perto as atividades realizadas em diversos projetos com crianças, adolescentes, jovens, adultos e suas comunidades. 

Em 2022, a coleção A Revolução das Princesas ganhou mais um título. A Revolução da Tereza conta a história da líder quilombola Tereza de Benguela. A escritora Verônica Bonfim, a ilustradora Bruna Bandeira e a designer Luana Coelho – todas mulheres negras –, se encarregaram de registrar a trajetória da rainha representada pela pequena Tereza e seus amigos. O objetivo é honrar a história desta personagem fundamental para o Brasil, colocando-a no lugar de exemplo, inspiração e resistência que sempre mereceu ocupar. 

Outro marco foi que a Plan International Brasil apresentou seu novo site institucional. Mais leve, rápido e com melhor experiência para celulares e tablets, o site consolida informações sobre a organização, formas de doações e notícias. Além disso, em novembro, o Brasil foi o anfitrião do encontro regional de Programas e Comunicação, evento realizado em São Paulo com profissionais da Plan de 12 países. 

2022 também foi um ano marcado por reconhecimentos. O projeto Água, Saúde e Vida recebeu o Prêmio Estratégia ODS Brasil 2022 na categoria Organizações da Sociedade Civil. Os projetos Aprender e Proteger e Escola de Liderança para Meninas Express foram reconhecidos com o Selo de Direitos Humanos e Diversidade da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo. Além disso, a Plan renovou o Selo Doar de Gestão e Transparência como uma organização certificada com o Selo A+. 

Destaques nos projetos 

No Maranhão, o Água, Saúde e Vida entregou novos poços artesianos em comunidades rurais, semiurbanas e quilombolas das cidades de Codó e Timbiras. A entrega dos poços foi marcante para as comunidades, pois impacta diretamente na melhoria da qualidade de vida de centenas de meninas e meninos. A Escola de Liderança para Meninas formou novas turmas enquanto Papo Reto, Rede Meninas Líderes e Geração concluíram suas atividades. Fora do Brasil, vale ressaltar a atuação da Plan International no conflito na Ucrânia, que deixou milhares de crianças na condição de refugiadas. A Plan segue atuando com parceiros locais para oferecer proteção a crianças, auxílio psicológico e de saúde mental, além de serviços legais a crianças e suas famílias. 

As parcerias foram um destaque por aqui. A Plan International Brasil passou a fazer parte da rede do Pacto pela Democracia, assim como atuou junto à Escola de Mudadores em prol do preparo de jovens para o exercício do voto consciente. A organização apoiou ainda o concurso cultural “Bituca é Plástico: Impacto ambiental do tabaco e poluição plástica”, para conscientizar as pessoas de que as bitucas de cigarro poluem o meio ambiente. Além disso, se uniu à farmacêutica Cimed na campanha #EuSouMinhasEscolhas, da marca Dermafeme, que reverte parte do lucro obtido com a venda dos sabonetes íntimos para projetos da Plan.  

Ainda na frente de parcerias, 2022 marcou a chegada de novos projetos, como o de Mudanças Climáticas e Mobilização Social, que terá início em janeiro de 2023, em São Luís, com duração de três anos. E do Pontes para o Futuro, em São Paulo, iniciado no segundo semestre deste ano e que terá duração de cinco anos. No período, o projeto Aprender e Proteger realizado em São Paulo, em parceria com a Beiersdorf, foi renovado por mais dois anos. 

A chegada do projeto Pontes para o Futuro foi um dos pontos que fizeram a Plan mudar de escritório em São Paulo e ir para um local mais amplo, no mesmo prédio, para acomodar todo o time. No novo espaço, a Plan instalou sua Central de Relacionamento, que vem trabalhando com foco em captação de recursos, tanto para doações pontuais, como para apadrinhamento e venda de livros. O novo canal de mobilização de recursos já vem apresentando resultados muito positivos para a organização. Todos esses resultados e alcances foram possíveis graças ao trabalho integrado das diferentes áreas: suporte administrativo, financeiro, comunicação, mobilização de recursos e programas. É o trabalho de toda a equipe que permite que a Plan chegue cada vez mais longe. 

Compartilhar com o universo
X