Plan International Brasil 11 4420.8084

Vamos falar sobre saúde menstrual?

Reading Time: 3 minutes

Vamos falar sobre saúde menstrual?

Parceria entre Sempre Livre e Plan International Brasil levará aprendizado sobre o tema para mais de 6 mil meninas e meninos. O projeto visa desenvolver as capacidades de 240 meninas de 15 a 18 anos como replicadoras do debate no Piauí e no Maranhão. Objetivo é desconstruir  estereótipos e derrubar crenças limitantes em torno da menstruação.

A ideia de ficar “mocinha” sempre carregou um misto de medo, orgulho, responsabilidade e vergonha. Até hoje, já na vida adulta, mulheres pedem às escondidas um absorvente a outras mulheres no local de trabalho, por exemplo. Ou não falam abertamente “estou menstruada”. É comum fazerem referências como “estou naqueles dias” ou “passando por aquele momento do mês”, inclusive para se desculparem por sentirem as dores das cólicas e mal-estar. Um tabu, que enquanto não for derrubado causará estranheza e constrangimento, mesmo sendo um processo natural do corpo feminino.

Para acabar com estereótipos relacionados à saúde menstrual, a Sempre Livre, marca de absorventes da Johnson & Johnson, e a Plan International Brasil lançaram no dia 30 de abril, em São Paulo, uma parceria que ocorre durante o mês de maio e reacende o debate sobre o tema. O objetivo é levar informações precisas e confiáveis acerca da  sobre menstruação a 240 meninas de 15 a 18 anos, do Piauí e do Maranhão, e capacitá-las para propagarem esse aprendizado para mais de 6 mil meninas e meninos de suas comunidades e escolas.

As oficinas buscam acabar com o tabu e os estereótipos em torno da menstruação, que afetam a vida de muitas meninas. A ideia é fortalecer a autoconfiança delas, oferecendo informações sobre a saúde feminina, reprodução segura e saúde sexual. “Já deixei de ir ao banheiro por vergonha de explicar ao professor por que queria sair da sala. Já deixei de ir à escola com medo de me sujar. Já deixei de fazer muitas coisas por estar menstruada. Os meninos fazem piada, dizem que a menstruação é nojenta. Mas não é”, disse a jovem Rayla, 14 anos, que faz parte do projeto Líderes da Mudança, da Plan, no Maranhão. Ela entrou na menarca aos 11 anos.

Para Viviana Santiago, gerente de gênero e incidência política da Plan, se a menina sente vergonha de falar sobre menstruação é porque se sentem julgada,  tem um dedo que aponta.

“É preciso também sensibilizar e engajar os meninos sobre o tema”, afirma. No Brasil, muitas meninas não sabiam o que era a menstruação até o dia em que ficaram menstruadas. Em 2019, as meninas continuam dizendo coisas sobre menstruação muito parecidas com as que as nossas avós diziam.”

Ela ressalta que a Plan acredita que as meninas que menstruaram continuam sendo meninas. Apenas chegaram em uma nova fase do desenvolvimento.

Gabriela Onofre, diretora global de marketing para cuidados femininos da Johnson & Johnson, destacou que a marca tem uma responsabilidade social de quebrar tabus e abrir o diálogo. “Estamos aqui para falar mais disso e trazer mais informação, manter essa discussão viva”, disse durante o evento. Já para a ginecologista Leila Carvalho, diretora de Medical Affairs da Johnson & Johnson, a menstruação é um momento bonito que esbarra na falta de informação.

“E esse tabu pode limitar a vida da menina. É preciso falar sobre o assunto, é questão de saúde.”

Ainda como parte da iniciativa, a Sempre Livre e a Plan International Brasil estão produzindo juntas um livreto sobre saúde menstrual, que será distribuído entre as meninas dos projetos realizados pela ONG, e também poderá ser baixado gratuitamente nos sites da Sempre Livre e da Plan, em data ainda a ser divulgada.

Além disso, ao adquirir o Sempre Livre Adapt Plus nos pontos de venda, a consumidora estará apoiando esse projeto que também fará doações de absorventes para quem precisa. Para difundir essa campanha nas redes sociais, permitir que mais pessoas se engajem na causa e conversem sobre o assunto, foi criada a hashtag #semprejuntaspeloprogresso. A campanha contará com a participação de influencers e artistas, como a apresentadora Maísa e a atriz Mel Maia.

Adquira o seu e apoie essa iniciativa!

Compartilhar com o universo
X