Plan International Brasil 11 4420.8084

Prêmio Primeira Infância em São Paulo

Reading Time: 3 minutes

Plan International Brasil, NIVEA e Prefeitura de São Paulo lançam prêmio para a primeira infância

Iniciativa vai premiar melhores experiências em saúde, educação e assistência social nos bairros de Capela do Socorro, Campo Limpo, M’Boi Mirim e Parelheiros, na Zona Sul de São Paulo. Rede pública direta e conveniada podem participar

Estão abertas a partir de 01 de agosto de 2019 as inscrições para a primeira edição do PRÊMIO PRIMEIRA INFÂNCIA EM SÃO PAULO. A iniciativa vai conhecer, destacar e premiar boas práticas de atendimento à primeira infância nos serviços da rede direta e da conveniada de saúde, educação e assistência social nas áreas de atuação do Projeto Famílias Que Cuidam, nas subprefeituras de Capela do Socorro, Campo Limpo, M’Boi Mirim e Parelheiros, todas na Zona Sul de São Paulo.

As três melhores experiências, sendo uma de cada setor, serão premiadas com até R$ 5 mil cada. A ideia é que as práticas vencedoras sejam modelos inspiradores para novas iniciativas nas redes da capital paulista. “Estamos muito felizes com a primeira edição do Prêmio NIVEA Plan International Brasil para a Primeira Infância. É uma grande oportunidade para reconhecer e premiar boas iniciativas, que merecem ser replicadas em outros locais”, afirma Cynthia Betti, diretora-executiva da Plan no Brasil.

“Para a NIVEA é muito importante participar dessa primeira edição do prêmio. Ela é a comprovação de que nossos esforços para oferecer oportunidades à primeira infância, em linha com nossa plataforma global de sustentabilidade, estão contribuindo para ampliar as boas práticas de atendimento para outras regiões da cidade”, disse Michelle Guersoni, gerente de Sustentabilidade da NIVEA.

Para participar, é necessário preencher o formulário no link e enviar os documentos das evidências até 15 de setembro. Na área da educação, podem concorrer Centros de Educação Infantil (CEIs) e Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs) da administração direta e conveniada. Na saúde, estão habilitadas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) tradicionais e de Estratégia de Saúde da Família (ESF). Já na assistência social podem participar Serviços de

Assistência Social à Família (SAFSs) e Serviços de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (SAICAS). Cada organização pode inscrever apenas uma experiência.

A seleção
A seleção dos projetos finalistas será dividida em etapas. Na primeira, as experiências serão analisadas por um comitê composto por profissionais da Plan e da equipe de gestão da política municipal integrada pela primeira infância da Prefeitura de São Paulo. Serão selecionados seis finalistas, sendo dois de cada setor.

Na segunda etapa, esses seis finalistas receberão uma visita agendada da equipe do comitê de seleção da Plan para acompanhar a rotina de funcionamento do serviço e conversar tanto com os profissionais quanto com o público atendido.

Na fase final de seleção, especialistas da área de primeira infância convidados pelas equipes da NIVEA e da Plan vão selecionar os três vencedores dentre os seis finalistas, sendo um da educação, um da saúde e um da assistência social. A avaliação dos especialistas será realizada a partir dos relatos de experiências enviados na inscrição e dos relatórios de visita apresentados pela equipe da Plan.

Os critérios
É importante ter atenção aos critérios considerados para seleção das experiências premiadas:

  1. Promoção dos direitos da criança: ao brincar de livre escolha, livre de consumismo e livre de estereótipos de gênero e às múltiplas linguagens; à proteção integral, ao vínculo e ao cuidado com afeto; ao bem-estar e desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade. À iniciação cultural e à integração na vida comunitária; e ao atendimento por profissionais qualificados e conhecedores das necessidades e características da primeira infância.
  2. Diálogo com as famílias e a comunidade: capacidade de escuta e acolhimento das famílias, entendimento de suas necessidades e compartilhamento de responsabilidades.
  3. Impacto: abrangência, público beneficiado e grau de efetividade das ações.
  4. Intersetorialidade e articulação em rede: será valorizada a articulação entre os diferentes setores, assim como a relação com a comunidade e a sociedade civil.
  5. Inovação: o grau de novidade da experiência será um diferencial.
  6. Inspiração e multiplicação: o potencial de expansão e multiplicação da experiência em diferentes territórios e realidades serão diferenciais.

Premiação
Os projetos vencedores serão conhecidos durante o II Seminário Intersetorial Primeira Infância em São Paulo, previsto para o mês de novembro. As instituições premiadas deverão escolher no ato de inscrição qual destino gostariam de dar a um eventual prêmio. Serão até R$ 5 mil em equipamentos de informática, materiais para reforma ou brinquedos e materiais pedagógicos.

BAIXE AGORA O EDITAL

Compartilhar com o universo
X