Plan International Brasil 11 4420.8084

CODÓ CELEBRA DIA INTERNACIONAL DA MENINA

Reading Time: 2 minutes

CODÓ CELEBRA DIA INTERNACIONAL DA MENINA

Promovidas pela Plan International Brasil, iniciativas visam sensibilizar a sociedade sobre a questão de gênero

No domingo 11/10, é comemorado o Dia Internacional da Menina, estabelecido em 2012, pela Organização das Nações Unidas (ONU). Pra celebrar a data, a Plan International Brasil realizou em Codó a ‘Semana da Menina’, que ocorreu de 07/10 a sexta-feira 09/10, contendo uma série de atividades para chamar a atenção da população para os problemas que afetam globalmente a vida de meninas em países pobres e emergentes.

Neste ano, além de desenvolverem atividades que visam o alcance das metas globais da campanha Por Ser Menina, que tem como objetivo impulsionar o potencial das meninas e assegurar o pleno exercício de seus direitos, contribuindo para a diminuição da pobreza e da discriminação de gênero, a Plan International Brasil levou para Codó, na sexta-feira a campanha “Quanto Custa a Violência Sexual contra Meninas?”. Lançada no mês de setembro, a iniciativa visa promover e qualificar o debate sobre o abuso e a violência sexual, e desta forma, tirar milhões de casos da escuridão. Todas as ações contam com apoio de autoridades e empresas da região.

Na ocasião, foram apresentados os resultados da campanha na Câmara Municipal. Houve ainda um debate sobre a questão da violência sexual vivida por meninas e temas relacionados, como a diferença entre gênero e sexo e uma reflexão sobre como as normas sociais de gênero influenciam a vida e os relacionamentos de homens e mulheres. Além de Codó, os municípios de Peritoró e Timbiras também realizaram a apresen tação da campanha.

Neste mesmo dia, Irlane participante do projeto “Essa é Minha Vez!”, que acaba de voltar de Nova York, falou sobre a criação da Declaração das Meninas, entregue por ela na Assembleia Geral da ONU deste ano, à presidente Dilma e também a autoridades do governo. O documento, que traz reivindicações nas áreas de saúde, proteção, educação e profissionalização, expressa a opinião de mais de 500 meninas do mundo que pedem aos líderes mundiais que coloquem os direitos das meninas na agenda do desenvolvimento sustentável de 2016.

Além disso, durante todo o mês de outubro, em escolas e espaços comunitários de Codó, acontecerão oficinas temáticas de sensibilização sobre a questão de gênero, abertas para todo público, como as do projeto Esporte e Cidadania. O público participará de debates que visam refletir sobre a discriminação e os obstáculos enfrentados pelas meninas e meninos que não agem de acordo com as expectativas sociais.

“As ações visam sensibilizar a sociedade sobre importância do debate relacionado às políticas para meninas e mostrar a importância delas no desenvolvimento de suas comunidades. Ao educar as meninas, dando-lhes carinho, saúde e proteção, elas vão prosperar e melhorar a vida daqueles ao seu redor”, afirma Anselmo Costa, gerente da Unidade de Programas de Codó.

Compartilhar com o universo
X