Plan International Brasil 11 4420.8084

#Agenda2030: Por que investir em uma educação de qualidade para todas e todos?

Reading Time: 2 minutes

A erradicação de todas as formas de pobreza é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que fazem parte da Agenda 2030, acordo das Nações Unidas para garantir um futuro melhor para as próximas gerações.

O Brasil, junto com a Índia, China, Paquistão, Bangladesh, Nigéria,Etiópia, Egito, Indonésia e Congo, tem cerca de três quartos do total de analfabetos no mundo. No entanto, para resolver esse problema, não basta apenas construir ou melhorar a estrutura das escolas: também é preciso investir em uma melhor distribuição de renda, uma vez que muitos estudantes abandonam a sala de aula porque não têm como arcar com seus estudos ou porque precisam trabalhar para ajudar nas despesas domésticas. Por isso, uma das metas do ODS 4 é “assegurar a igualdade de acesso para todos os homens e mulheres à educação técnica, profissional e superior de qualidade, a preços acessíveis, incluindo universidade”.

Outra meta importante para garantir uma educação de qualidade para todas e todos é “aumentar o contingente de professores qualificados, inclusive por meio da cooperação internacional para a formação de professores, nos países em desenvolvimento, especialmente os países de menor desenvolvimento relativo e pequenos Estados insulares em desenvolvimento”. Muitos professores, pela falta de oportunidades de aprimoramento de seus conhecimentos, acabam ficando com uma metodologia e didática atrasadas, o que influencia diretamente no aprendizado – e, consequentemente, no futuro profissional – de seus alunos e alunas.

No entanto, investir em uma educação de qualidade para todas e todos não é importante apenas pelo ponto de vista econômico, uma vez que o mercado teria profissionais mais capacitados e com poder aquisitivo, mas também pelo ponto de vista da promoção da igualdade de gênero e da redução dos casos de violência contra meninas e mulheres. Quanto mais educadas e, consequentemente, mais independentes emocional e financeiramente, menos riscos meninas e mulheres têm de serem vítimas de situações abusivas. Além disso, por meio de aulas sobre igualdade de gênero, também seria possível desconstruir a cultura machista de meninos e homens e consolidar uma cultura de respeito entre todas as pessoas.

De 2000 a 2011, a educação melhorou em apenas 1%. Preciso lutar para que, até 2030, cresçamos muito mais e tenhamos um mundo com oportunidades iguais para todas e todos.

SOBRE A AGENDA 2030

O desenvolvimento sustentável é aquele que consegue atender às necessidades da geração atual sem comprometer a existência das gerações futuras. Em setembro de 2015, percebendo que os indicadores econômicos, sociais e ambientais dos últimos anos eram pessimistas quanto ao futuro das próximas gerações, a Organização das Nações Unidas (ONU) propôs que os seus 193 países membros assinassem a Agenda 2030, um plano global composto por 17 objetivos (ODSs) e 169 metas para que esses países alcancem o desenvolvimento sustentável em todos os âmbitos até 2030.  Saiba mais aqui.

Compartilhar com o universo
X