Pular para o conteúdo principal

Quem Somos - A História da Plan International Brasil

Fundada em 1937, a Plan International é uma Organização não-governamental, não-religiosa e apartidária que defende os direitos das crianças, adolescentes e jovens, com foco na promoção da igualdade de gênero. Chegamos ao Brasil em 1997 e, nessas duas décadas, desenvolvemos mais de 20 projetos em diversos estados do país, ajudamos nações em situação de emergência e desenvolvemos campanhas para combater todas as formas de violência contra meninas e meninos.

1937: A Plan International é fundada, com o nome de Foster Parents for Children, para ajudar as crianças órfãs da Guerra Civil Espanhola;

Anos 40: Durante a 2ª Guerra Mundial, passa a se chamar Foster Parents Plan for War Children, ajudando as crianças órfãs da Europa;

Anos 50: Começa a atuar em países menos desenvolvidos para ajudar crianças em quaisquer necessidades, passando se chamar Foster Parents Plan Inc.;

Década de 1970: Passa a se chamar Plan International, nome que carrega até hoje;

1997: Chega ao Brasil, no estado de Pernambuco. A primeira criança é cadastrada em 1998;

2000: Começa a atuar também no Maranhão, estado com o menor IDH do Brasil;

Crianças de Codó

2001: Desenvolve o DCCCA (Desenvolvimento Comunitário Centrado na Criança e no Adolescente), abordagem que utiliza até hoje em seus projetos e programas para criar mudanças de longo prazo;

2004: Presta socorro a mais de 1 milhão de vítimas do tsunami no Sudeste Asiático;

2005 a 2009: Expande sua atuação pelo país

2010: Ajuda 230.000 pessoas impactadas pela crise de Cólera na África;

2010: No Brasil, lança primeira pesquisa de Bullying Escolar;

2011: Ajuda 1.3 milhão de crianças e pessoas em vulnerabilidade durante a crise de seca no Chifre da África;

2012: Lança a campanha Chega de Bullying, em parceria com o Cartoon Network;

2012: O Dia Internacional da Menina (11 de Outubro) é criado pela ONU, como resultado dos esforços da Plan International pela promoção da igualdade para as meninas. Tem início o movimento global Por Ser Menina;

2014: Atua em diversos países da África para assistir às vítimas da maior Epidemia de Ebola. No Brasil, lança a pesquisa Por Ser Menina, crescendo entre direitos e violências, a primeira pesquisa dedicada às meninas;

Quanto Custa

2015: Lançamento da campanha Quanto Custa a Violência Sexual Contra Meninas, que mostra os impactos da cultura do estupro no Brasil;

2015: Lançamento do projeto Essa é Minha Vez, iniciativa da Plan International Brasil junto a parcerias globais visando um maior envolvimento e visibilidade do papel das meninas no contexto dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável firmados na Assembleia Geral da ONU no final do ano. As ações aconteceram simultaneamente em três países além do Brasil: Filipinas, Quênia e Paquistão. As meninas do Brasil foram à Assembleia Geral em Nova Iorque e criaram a Declaração das Meninas, que foi entregue à então presidente Dilma Rousseff.

2015: Após o terremoto do Nepal, oferece apoio a mais de 250.000 pessoas, das quais 114.416 crianças. Inicia processo de legalização de escritórios no oriente médio para poder oferecer resposta humanitária à crise de refugiados da Síria. No Brasil, começa a atuar no estado do Piauí;

2016: Recebe o Prêmio Zilda Arns, que homenageia boas práticas para a Primeira Infância;

2016: Ganha o prêmio Neide Castanha de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, na categoria Protagonismo de Crianças e Adolescentes. O Prêmio deve-se à metodologia “Jovens Mobilizadores” do projeto Turismo e Proteção à Infância, que utiliza arte educação para mobilização de crianças, adolescentes e jovens com ações em escolas públicas da Bahia contra a violência sexual.

2016: Lançamento da campanha #MeninasOcupam, em que meninas ocuparam posições de liderança para incentivar a participação feminina na tomada de decisões;

2016: Lançamento da campanha #DesafiodaIgualdade, que, com diversos conteúdos textuais e audiovisuais, conscientiza sobre a importância de se falar sobre igualdade de gênero desde a infância;

2017: Lançamento da campanha #EuQueroIgualdade, com diversas ações sobre igualdade de gênero pelo Dia Internacional da Mulher.