Pular para o conteúdo principal

Down To Zero

Saiba mais sobre o projeto Down To Zero, que busca reduzir a exploração sexual contra crianças e adolescentes

O Down To Zero tem como objetivo reduzir o número de crianças vítimas ou em situação de risco de exploração sexual comercial em comunidades da Bahia até 2020, além de fortalecer e monitorar as políticas públicas nos níveis local, estadual e nacional, bem como as práticas de responsabilidade social do setor turístico.

O projeto é uma iniciativa de abrangência nacional, porém com foco na região do nordeste, mais especificamente em cinco municípios do estado da Bahia: Salvador, Camaçari, Ilha de Itaparica, Imbassai e Praia do Forte. Desde 2011, o estado da Bahia tem o maior número de notificações de casos de exploração sexual de crianças e adolescentes, o que explica nossos esforços nessa região.

O projeto é uma uma ação coordenada entre a ECPAT – Brasil, CEDECA Bahia e Plan International Brasil, que atuam em quatro eixos: empoderamento de crianças, comunidades seguras e protetoras, ambiente favorável de diálogo com governo e engajamento do setor privado.

Resultados que queremos alcançar até 2020.

  • Que crianças e adolescentes em risco ou vítimas de exploração sexual infantil estejam empoderadas para participar de sua propria proteção e que possam ser agentes de mudança para outras crianças e adolescentes;
  • Que as nove comunidades do projeto se tornem seguras e livres de casos de exploração sexual infantil e que as lideranças comunitárias adotem posturas protetivas;
  • Que o governo possua políticas, plano de ações, orçamentos e protocolos voltados para o enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes, tanto em nível nacional quanto em nível municipal nos municípios do projeto;
  • Que o setor privado, especialmente do setor turístico dos municípios do projeto, esteja engajados no enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes e que possam aderir ao código de conduta;
  • Elaboração e implementação de um Sistema de Referência comunitário de proteção à criança e adolescente.

A Aliança Down To Zero em 2016

As organizações implementadores do Down To Zero são:

REDE ECPAT BRASIL: A Rede ECPAT Brasil é uma coalizão de organizações da sociedade civil que trabalha para a eliminação da exploração sexual de crianças e adolescentes, compreendendo as suas quatro dimensões: prostituição, pornografia, tráfico e turismo para fins de exploração sexual.

CEDECA –CENTRO DE DEFESA DA CRIANÇA E ADOLESCENTE YVES DE ROUSSAN: O Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan (Cedeca/Bahia) é uma organização sem fins lucrativos e de caráter público, formada integralmente por entidades sociais e administrado por um conselho de nove ONGs, das quais se elege uma diretoria de três membros com mandato de dois anos. Nosso objetivo é desenvolver um trabalho que contribua para a proteção de crianças e adolescentes em situações como violências sexuais, crimes de homicídio, violência física e violação dos direitos. Apesar de estarmos sediados em Salvador/Bahia, as nossas ações se tornaram referência em outras regiões, ganhando assim repercussão nacional e internacional.

Estratégia

A nossa estratégia de intervenção está baseada na ação em rede com instituições que já atuam ou que estejam interessadas em atuar na prevenção do abuso e exploração sexual, com uma abordagem intersetorial, colaborativa e com o envolvimento protagonista das crianças, adolescentes e suas famílias. Nossa ação busca, ainda, fortalecer as estruturas de apoio aos pais/mães, cuidadores, famílias e comunidades,profissionais de educação, assistência social, cultura, esporte, entre outros; a mobilização dos membros da sociedade; mudanças das práticas organizacionais das empresas, especialmente àquelas relacionadas ao turismo e influenciar aos tomadores de decisões sobre as necessidades de fortalecimento do sistema de proteção, tanto na prevenção, como no enfrentamento, judicialização e atendimento às vítimas e suas famílias

Sobre a Plan International Brasil

A Plan International Brasil é uma organização não-governamental humanitária, sem fins lucrativos e sem qualquer filiação política ou religiosa, que desenvolve programas e projetos voltados para a melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes. No Brasil desde 2007, a Plan International desenvolve projetos de promoção dos direitos das crianças e adolescentes em 6 estados, sendo eles, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Piauí e São Paulo.