Pular para o conteúdo principal

Programa Adolescente Saudável

O Programa Adolescente Saudável é uma iniciativa da AstraZeneca que acontece em 21 países do mundo. O projeto tem como objetivo apoiar os direitos e o bem-estar da saúde dos jovens em comunidades marginalizadas por meio de pesquisas, incidência política e programas que se concentram na prevenção de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (NCD’s).

De 2010 a 2015, a Plan International Brasil implementou o programa Adolescente Saudável (PAS) para melhorar a saúde dos jovens em cinco municípios do Estado do Maranhão, o segundo estado mais pobre do Brasil. O programa centrou-se no apoio a meninas e meninos para acesso à informação, suporte e serviços de saúde sobre saúde sexual e saúde reprodutiva e direitos sexuais e direitos reprodutivos (SDSR), violência de gênero, comportamentos de risco e outras questões de saúde que afetam os jovens. Um dos êxitos do programa que marcou um passo significativo na melhoria dos serviços de saúde para os jovens foi à revisão da Política de Saúde do Adolescente pela Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão, que foi o resultado do envolvimento ativo dos educadores de pares do Adolescente Saudável com o Governo.

Nova fase

Saúde é coisa muito séria e, na maioria das vezes, sensibilizar adolescentes e jovens sobre o assunto não é tarefa fácil. Elas e eles estão descobrindo a vida, o próprio corpo, os sentimentos e todos os desafios que o mundo oferece. Partindo da dificuldade que pais, mães, cuidadores, cuidadoras, professoras e professores e profissionais da saúde naturalmente enfrentam para estabelecer esse diálogo, a Plan International Brasil e a AstraZeneca implementam o Programa Adolescente Saudável em dois dos distritos mais populosos da cidade de São Paulo: Grajaú e Capão Redondo.

O objetivo do projeto, que acontece em várias partes do mundo, é contribuir para melhorar a saúde e a igualdade de gênero entre crianças, adolescentes e jovens de 10 a 24 anos de idade com o apoio da própria comunidade local. A importância da troca de informações adequadas com a população mais nova, principalmente em áreas vulneráveis, pode ser definitiva, já que evitar comportamentos de risco são fundamentais para um futuro sem Doenças Crônicas Não-transmissíveis (como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, respiratórias, câncer) – a maior causa de mortes no mundo! Adolescentes e jovens empoderadas e empoderados, informadas e informados, saudáveis e conscientes sobre a influência do contexto social em que vivem tem mais capacidade para tomar decisões positivas sobre sua própria vida.

O que e como faremos

O PAS contribui para aprendizagens criativas e participativas. Para isso, durante três anos a agenda do projeto terá formação, campanhas comunitárias, dias de comemoração em datas importantes para saúde, sensibilização de escolas e encontros de advocacy (ações para formular políticas públicas em prol da comunidade).

O projeto também capacita adolescentes e jovens em liderança para que investiguem e identifiquem, em colaboração com o governo local, os problemas de saúde presentes em suas próprias comunidades.

Temas que serão abordados pelo PAS

#Movimente-se - Comportamentos de risco que levam a Doenças Crônicas Não-transmissíveis

Alimentação saudável; práticas de exercício; uso prejudicial de substâncias (tabaco, álcool, drogas lícitas e ilícitas); saúde mental.

#CuideDoSeuCorpo - IST (Infecções sexualmente transmissíveis)

Educação sexual; prevenção; causas das IST; sinais e sintomas; tratamentos disponíveis; HIV e AIDS

#PrecisamosFalarSobreGravidez - Gravidez

Informações sobre saúde, gravidez; direitos sexuais e direitos reprodutivos; métodos contraceptivos; maternidade e paternidade   ;

#Multiplique - Multiplicação e Incidência política

Habilidades de comunicação; advocacy de direitos da adolescência e juventude; treinamento para que educadores pares possam compartilhar e multiplicar informações pertinentes para outros adolescentes e jovens; inserção em espaços estratégicos voltados a saúde de adolescentes e jovens.